fotoplenaria1Na tarde desta última sexta-feira, dia 19 de janeiro, foi realizada a primeira Plenária de 2018 que contou com a presença da diretoria do Conselho Regional de Farmácia do Tocantins (CRF/TO): Dra. Márcia A. A. Lobo (presidente), Dr. Vidal Gonzales (vice-presidente), Dra. Anette Partata (diretora secretária geral); Conselheiros Regionais de Farmácia: Dra. Marttha Franco Ramos, Márcia Juwer, Andreiza Priebi, Karin Ane Margaridi e também alguns farmacêuticos.

 

Os primeiros pontos de pauta do ano foram: a leitura e aprovação da Ata nº 11/2017; Apresentação da Avaliação da atuação dos atendentes/balconista de farmácias e drogarias no município de palmas; Pedido de afastamento da conselheira Gisely Marinho; Posse do conselheiro suplente Israel Leite; Nomeação da comissão de ética; Eleição e nomeação da tomada de conta 2018/2019; Apresentação do Relatório Anual de Fiscalização 2017; Definição das datas das plenárias 2018; Projeto de Lei Deputada Luana Ribeiro: Regulamentar os serviços farmacêuticos prestados no Estado do Tocantins; Apreciação dos pedidos dos farmacêuticos e Informes da Diretoria, conselheiros e outros.

 

Durante a reunião houve a substituição da Conselheira Regional Gisely Marinho, pelo Dr. Israel Leite, por motivo de licença médica e também a apresentação do Relatório Anual de Fiscalização realizado pelo vice-presidente do Conselho, Dr. Vidal Gonzales. “ Mais um ano que estamos dispostos a trabalhar junto com os farmacêuticos mostrando sempre o caminho correto que devemos andar e trilhar nossa profissão.” Disse ele ao abrir a apresentação.

 

A Dra. Mácia A. A. Lobo, presidente do CRF/TO complementou ressaltando a importância da Comissão de Ética para garantir, em suas respectivas áreas de jurisdição, que a atividade farmacêutica seja exercida como rege a legislação. “O CRF/TO é uma autarquia federal e deve cumprir rigorosamente o que determinam as leis, decretos e resoluções estabelecidas pelas instituições competentes, por isso é tão importante o papel das comissões de maneira geral e principalmente da Comissão de Ética”. Disse ela durante a Plenária.  


Ascom CRF/TO