IMG 20180123 WA0009No início da tarde de hoje, 23 de janeiro, a presidente do Conselho Regional de Farmácia do Tocantins (CRF/TO), Dra. Márcia Lobo lançou o projeto “Ouvindo quem faz”. A proposta é ouvir as demandas dos farmacêuticos por seguimentos como Estética, Farmácia Clínica entre outros. Realizando rodas de conversa em todo Tocantins e começando por Palmas. O primeiro encontro aconteceu na sala reuniões plenária do CRF/TO, onde ela se reuniu com farmacêuticos donos de farmácias da capital.

 

 “Muito obrigada por terem comparecido, nosso principal objetivo aqui é acima de tudo ouvi-los. Saber das dificuldades e desafios de vocês no dia-a-dia e depois discutir de que forma o conselho pode ajudar. Este é o primeiro de vários encontros que realizaremos com vocês farmacêuticos.” Disse a Dra. Márcia ao abrir a reunião.

 

Ao todo dez profissionais estiveram presentes e eles debateram assuntos como: os valores das taxas cobradas pelo CRF/TO, o incentivo à pequenas farmácias, as mudanças relacionadas ao capital social delas, a valorização da classe farmacêutica, a carga horária de trabalho deles e a aprovação da visita domiciliar pelo CFF recentemente, entre outros assuntos.

 

“Eu acho muito importante este tipo de contato com conselho. Sem dúvida foi uma reunião muito proveitosa e estarei presente em outras. Nós precisamos desse espaço no CRF/TO para poder externar nossas dificuldades e nossos anseios. Esta troca de informações com a presidente da instituição com certeza vai trazer melhorias pra nós.” Afirmou o farmacêutico e empresário Gustavo Alves que foi um dos participantes da reunião.

 

“O conselho de farmácia se compromete a analisar a viabilidade de todas as propostas apresentadas aqui hoje. Compromete-se ainda a responder os questionamentos suscitados na reunião em data futura. Aproveito para agradecer a presença de todos.” Finalizou a presidente do CRF/TO ao encerrar a reunião.

 

Ascom CRF/TO