IMG 20180124 WA0007O Ministro da Saúde, Ricardo Barros esteve hoje, dia 24 de janeiro, no Conselho Federal de Farmácia (CFF) em Brasília, onde recebeu a comenda de honra ao Mérito Farmacêutico Internacional no Grau Grã-Cruz e ministrou palestra sobre a evolução da Assistência Farmacêutica no Brasil. Onde elogiou o estado do Tocantins e mencionou ele como sendo um dos que mais tem utilizado o sistema informatizado do Ministério da Saúde, para controle e acompanhamento do uso e dispensação de medicamentos da rede.

“Pra nós foi muito bom saber que o Tocantins se desponta neste quesito, já que demonstra que nossos farmacêuticos tem se empenhado em trazer mais agilidade no atendimento da população. O que só vem a reforçar a importância da profissão e o quanto ela é necessária e eficiente nos cuidados em saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).” Disse a presidente do CRF/TO, Dra. Márcia Germana A. A. Lobo.

Além disso, Ricardo Barros, também anunciou uma série de medidas que contemplam os farmacêuticos (veja abaixo). A principal é o reconhecimento deste profissional como integrante da equipe diretamente responsável pelo atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A medida foi viabilizada por meio da atualização da antiga Tabela de Procedimentos SIA/SUS, hoje denominada de Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS, com a inserção de 49 novos códigos. OPM é a sigla para Órteses, Próteses e Materiais Especiais. Os farmacêuticos foram inseridos no grupo de profissionais da saúde elencados para a realização de alguns grupos de procedimentos remunerados pelo sistema, que contemplam ações de promoção e prevenção em saúde.

“Foi muito bom saber de um anúncio de uma medida tão esperada pela categoria farmacêutica e o Conselho Federal de Farmácia assim tão próximo a data que se comemora o Dia do Farmacêutico. Uma medida que reforça o papel do farmacêutico no cuidado à saúde e representa o reconhecimento, por parte do Ministério, das atribuições clínicas dos farmacêuticos regulamentadas pelo conselho. Sem falar que assim iremos trazer melhorias a qualidade do atendimento prestado aos usuários do SUS”. Acrescentou a Dra. Márcia, presidente do CRF/TO.


Ascom CRF/TO